MENU It's me: Mário!

Classroom 101

Google Classroom: a novidade no Google For Education

Google 14 de junho de 2014 2 comentários
Google
  • 14 - 06 - 14
  •        
  • 2

Todos sabem que sou fã do Google. Alguns amigos acham estranho, outros brincam, mas sabe porque gosto tanto dessa empresa? Porque ela é genial! Não sei se vocês conhecem o Google for Education, mas dentro dele, temos uma versão do Google Apps voltada exclusivamente para o ensino. E agora, o Google está para lançar mais uma novidade!

Google Apps for Education

O Google Apps for Education é grátis e inclui, além do serviço de e-mail, o Office na nuvem para criação de documentos, planilhas, formulários e apresentações. Isso já é muito, mas muito bom mesmo para a organização e gerencia de uma sala de aula / curso. Mas o Google está indo além! O Google está desenvolvendo uma ferramenta específica de gerenciamento para os professores: o Google Classroom

Google Classroom

Quem é universitário provavelmente conhece o Moodle. E ele é bom! O problema é que para ser bom, tem que ter uma série de configurações e sua metodologia é um pouco complicada e não prática, senão contraproducente. Logo, uma solução tão simples e extremamente integrada com o Google Apps pode ser uma revolução nos softwares de ensino. Veja:

Acho que o vídeo fala por si só… (obs: o “101” do vídeo significa introdução básica, dica do Juliano). Mas e ae? Sua escola já usa o Google Apps for Education? Você acha que seria uma boa implementar? Deixem sua opinião nos comentários.

Por favor, considere desativar o AdBlock

Não perca nenhuma novidade, assinando nossa newsletter!



Não se preoculpe, não enviaremos muitos e-mails, nem mostraremos seu e-mail para ninguém. Dúvidas?


Deixe seu comentário! Dúvida sobre como comentar
ou vai postar código? Leia antes.

  • Marcelo Pinheiro

    Muito legal isso! É provável que voltemos do México já com metas de disseminar o produto.

  • julianotheiss

    Fantástica ferramenta, lembra bastante o http://www.edmodo.com. Vamos aguardar para ver se vai ser bastante utilizada, e talvez seja esse o motivo do course builder ter se tornado open-source.